bem estar

Amamentação diminui riscos comportamentais e de saúde em crianças e adolescentes

SAPO TL, 23 de junho de 2016

partilhar
Email
×

Por favor verifique os campos assinalados.

Este artigo foi partilhado com sucesso com .

Os bebés alimentados exclusivamente com leite materno nos primeiros seis meses de vida beneficiam de uma redução de mais de metade do risco de distúrbios entre os 7 e os 11 anos.

Uma investigação publicada esta semana conclui que os bebés alimentados exclusivamente com leite materno têm menos 56% das hipóteses de desenvolver distúrbios comportamentais entre os sete e os 11 anos.

Outro estudo, divulgado na terça-feira, relaciona o nível intelectual e funcional das crianças de quatro anos com a qualidade dos estímulos recebidos pelos pais até aos quatro anos.

Os dois estudos, realizados na África do Sul e no Paquistão, foram financiados pelo Grand Challenges Canada (GCC), um organismo do Governo canadiano que promove a saúde materna e infantil em países em desenvolvimento.

Peter Singer, médico e conselheiro delegado do GCC, afirma em comunicado que "uma em cada três crianças em países em desenvolvimento não pode desenvolver todo o seu potencial" e que "estes estudos mostram como os pais podem ajudar a desenvolver crianças inteligentes e sociais", cita a TSF.

O primeiro estudo, publicado na revista PLOS Medicine, foi realizado pela médica Ruth Bland, que seguiu o desenvolvimento de 1.500 crianças sul-africanas.

O segundo estudo, publicado na revista The Lancet Global Health pela médica Aisha Yousafzai, da Universidade Aga Khan de Karachi, centrou-se num grupo 1.302 crianças de quatro anos com origens em zonas rurais do Paquistão.

Estas famílias utilizam brinquedos ou utensílios caseiros para estimular as capacidades cognitivas e motoras das crianças. Este estudo concluiu que as crianças que recebem este "estímulo sensível" até aos quatro anos têm mais probabilidade de ter um maior coeficiente intelectual.

Fonte: SAPO Lifestyle

comentários